Alexandre Correa elogia Ana Hickmann, mas briga com jornalista...Ver mais
01/04/2024

PUBLICIDADE

Durante a sua participação no programa “Ronda do Povão”, da TV Meio Norte, em Teresina, no Piauí, Alexandre Correa elogiou Ana Hickmann, mas acabou elevando o tom com um jornalista. Tudo isso por conta de uma pergunta sobre a separação deles e as acusações de agressão.

Inicialmente, ele destacou que a apresentadora não alcançou o sucesso sozinha: “Ana Hickmann é a única pessoa que é uma marca no Brasil. A marca Ana Hickmann existe desde 2002, Ana Hickmann não se fez sozinha. Teve pessoas que contribuíram e muito para a jornada da Ana Hickmann”.

No entanto, ele também elogiou Ana Hickmann: “A Ana tem uma plataforma digital gigantesca, um canal do YouTube gigantesco. Não vamos discutir o problema financeiro do momento com o sucesso da Ana Hickmann.

PUBLICIDADE

A Ana Hickmann, diga-se de passagem, é uma profissional irretocável. Que fique claro isso”.

“Dos erros que ela vem cometendo, das injustiças, das inverdades, das mentiras, isso é outro assunto. O assunto aqui é a persona de Ana Hickmann na condição de celebridade e marca. Isso é intransponível. Ana Hickmann é soberana nesse sentido. Por isso que eu luto tanto para ter aquilo que me é de direito”, disse ele em seguida.

Porém, o clima não foi completamente amigável, pois ele se irritou e elevou o tom com uma jornalista. A repórter o questionou sobre “se colocar como vítima durante as entrevistas”, além de “que exemplo ele gostaria de deixar para o filho, Alezinho”.

“Sua colega está mal informada. Não bati na Ana Hickmann. Vou ignorar essa bobagem que ela falou e vamos ficar de boa.

PUBLICIDADE

Sou vítima de uma premeditação”, disse ele. “Acabou a entrevista. Difícil. A última pergunta, da colega do Erlan, ela fez quatro acusações na pergunta e foi na onda do Léo Dias, de sair acusando sem ter a delicadeza de olhar os fatos”.

“Me chamou de agressor, me acusou de alienação parental, e precisei subir o tom para a menina ficar no lugar dela. Mas a vida é assim. Vim, não para ser tratado com carinho, mas para ser arguido e questionado. Para contar minha verdade”, afirmou Alexandre Correa, por fim.

PUBLICIDADE

AD
Artigo
Vídeos
Flash news