Show cancelado de Gusttavo Lima gera frustração e perdas: Gastei R$ 200 mil
11/02/2024

PUBLICIDADE

O cancelamento do show de Gusttavo Lima em Campo Alegre de Lourdes, na Bahia, trouxe prejuízos tanto para os comerciantes quanto para os turistas. A decisão judicial de cancelar o evento, após o pedido do Ministério Público, resultou em perdas significativas para os empresários. O cachê do cantor foi de R$ 1,3 milhão, valor considerado superior ao orçamento da pasta de Cultura da cidade.

Com a expectativa do show, os comerciantes se prepararam para receber o cantor e seu público, mas agora enfrentam prejuízos. O cancelamento também afetou as reservas de turistas em hotéis e pousadas, causando um impacto financeiro negativo para esses estabelecimentos.

A cidade passou a incluir grandes shows em seu calendário nos últimos anos, o que impulsionou o comércio local. O secretário municipal de Eventos e Turismo estima uma perda de R$ 20 milhões na economia local devido ao cancelamento do show de Gusttavo Lima.

PUBLICIDADE

Apesar disso, outros eventos continuam acontecendo na cidade, mas não conseguem atrair o mesmo público que o show do cantor sertanejo. A possibilidade do retorno de Gusttavo Lima no futuro depende da legalidade da contratação e do cumprimento das leis de licitações.

O cachê de Gusttavo Lima é considerado alto, com valores entre R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão, podendo aumentar dependendo da data e da logística de transporte. A administração municipal teve que fazer um esforço para pagar o cachê do cantor, parcelando o valor até a data do show.

No entanto, apesar dos prejuízos financeiros causados pelo cancelamento, a prefeitura já havia feito alguns pagamentos para Gusttavo Lima, que serão devolvidos de acordo com a decisão judicial. A possibilidade de uma nova contratação dependerá da legalidade e da realização de um novo contrato.

PUBLICIDADE

AD
Artigo
Vídeos
Flash news