Thales Bretas revela que filhos perguntam por Paulo Gustavo: "Não queria que fosse"...Ver mais
29/03/2024

PUBLICIDADE

O médico Thales Bretas revelou nesta sexta-feira (11) que os filhos estão começando a perguntar a respeito da ausência do outro pai, Paulo Gustavo, falecido em 2021. No programa Conversa com Bial, ele contou como fala com os meninos sobre a tragédia.

Na entrevista, Thales revelou que no início era impossível falar com os pequenos Romeu e Gael a respeito da morte de Paulo, que partiu com apenas 42 anos por causa de complicações da Covid-19 quando os pequenos ainda tinham só um ano de vida.

"Saíam de perto, mudavam de assunto, não entendiam o porquê da ausência desse pai, se era um abandono. Eu sempre explicava o que aconteceu: que ele ficou dodói e foi para o céu", relembra. A coisa mudou de figura com a chegada da infância propriamente dita.

Thales conta: "Agora com eles maiores, que a gente toca no assunto, cada vez mais eles perguntam, estão mais curiosos sobre a vida".

PUBLICIDADE

E exemplifica: "Um dia o Romeu me perguntou: 'mas por que o papai Paulo foi para o céu?'. 'Porque ele ficou dodói, filho. Tem momentos que a gente fica dodói, não consegue melhorar e vai para o céu'".

A resposta do menino é de quebrar o coração: "'Mas eu não queria que o papai Paulo fosse para o céu'", disse o pequeno. Thales faz de tudo para que eles entendam: "Eu explico: 'vocês tiveram dois pais que queriam muito vocês. A gente pegou duas barrigas emprestadas pra fazer porque a gente é homem e não pode ter e elas trouxeram vocês com muito amor e um dos papais ficou dodói e tem o papai Tata aqui. Esse é o formato de família. Tem crianças que não têm pai, criança que tem duas mães'. Eu sempre toco nesse assunto com eles".

PUBLICIDADE

NASCIMENTO DE ROMEU TROUXE PREOCUPAÇÃO AOS PAIS

No início de agosto, o pequeno Romeu, filho do eterno com o médico Thales Bretas, completou quatro aninhos. Nesta mesma data, em 2019, .

É que o menino nasceu prematuramente e, por isso, foi para a UTI neonatal com complicações respiratórias. Na época, os pais não esperavam a chegada inesperada e, portanto, ainda estavam no Brasil - tanto Romeu, quanto Gael, nasceram nos Estados Unidos.

"Eu chorava na coxia, enxugava e entrava no palco para fazer humor e cantar. Foi bem difícil", disse o comediante em entrevista ao Fantástico. Ele estava em cima do palco quando recebeu a notícia que o herdeiro havia chegado ao mundo.

PUBLICIDADE

AD
Artigo
Vídeos
Flash news